quarta-feira, 20 de julho de 2016

Fuscão Preto - Dica de filme


Pra quem ainda não viu, vale a pena assistir! O Filme de 1983 "Fuscão Preto", homônimo da famosa música de Almir Rogério, é um tanto desconhecido do público em geral. Apesar de contar com a presença do próprio Almir Rogério, e de Xuxa Meneghel, o filme não deslanchou. Boa parte por conta de sua história, que pode-se dizer ser um tanto "peculiar". Mas para nós fusqueiros, este é um filme que não pode passar batido!


O filme é um pouco difícil de achar original em DVD, mas em alguns sites da internet, ele pode ser assistido e até baixado. Acompanhe a sinopse: 

"Rui, o prefeito, está emprenhado em persuadir Lucena e substituir sua criação de cavalos por plantação de cana e, juntos, instalarem uma usina de álcool. Para isso, força o casamento de seu filho Marcelo, com Diana, filha de Lucena. O Fuscão Preto interfere nessa trama. Assistindo o desenrolar desse conflito está Lima, que, como Marcelo, busca sua forma de vencer o Fuscão, seu rival, através do que melhor sabe fazer: domar. Cleide representa a "outra" na vida de Marcelo. Permeando toda a história e, de certa forma, se contrapondo, estão os dois meios, o urbano, com suas festinhas, papos de bares, clubes, etc. e o rural, com suas modas de viola, a vida na fazenda, e seus personagens ingênuos. O Fuscão Preto faz o elo da ligação, criando um clima de medo e curiosidade para os dois lados e conduzindo a estória a um final inesperado". (Sinopse adorocinema.com)

sexta-feira, 15 de julho de 2016

terça-feira, 12 de julho de 2016

Falando de Fusca - O mistério da Variant/TL "Standard"

Arte A. Gromow
A Volkswagen do Brasil sempre foi muito autônoma em relação à sua matriz na Alemanha. Tal fato permitiu que a mesma tivesse a liberdade de criar modelos exclusivos, com derivações distintas e padronagens sem qualquer relação à Volkswagen de Wolfsburg.

Muitas vezes nós mesmos somos surpreendidos com modelos nacionais que sequer iomáginávamos existir. Este foi o caso, quando li a matéria publicada por meu amigo Alexander Gromow, em sua coluna "Falando de Fusca", do famoso portal automotivo Auto Entusiastas

Linha 73: Vemos a existência de dois modelos de Variant, e quatro modelos de TL
Em sua matéria, Alexander mostra o trabalho em desvendar os mistérios da linha 1973 da Volkswagen, em especial a Variant e TL. Nas propagandas e folders da época, a VW indica haverem dois modelos de Variant e quadro modelos de TL (dois de duas portas e dois de quatro portas), todos com preços distintos. 
Após análise de documentos da época, acabou-se concluindo sobre a existência de modelos mais simples aos que estamos acostumados em ver, apelidados pela imprensa de "standard". Abaixo seguem trechos da matéria:

"Nos folders institucionais lançados na época, uma pista foi encontrada na segunda página do folder referente à VW 1600 Variant: “Preço – Garantimos que este folheto vai interessá-lo muito, porque ele começa com duas coisas interessantes demais: as duas opções de preço da Variant”. Nas fotos e nas demais imagens, textos e tabelas, nenhuma diferença entre um modelo e outro é citada.



No caso do folder do VW 1600 TL, assim como no da Variant, a única referência a uma segunda versão, também está na segunda página: “Vamos começar por um detalhe que vai interessá-lo muito: o preço. O TL – 2 portas tem duas opções de preço.”. Texto muito parecido com o encontrado no folder da Variant, foco no preço e nenhuma informação sobre as diferenças relacionadas às duas versões.



Como foi dito no início desta matéria, outras mídias impressas como, por exemplo, jornais, que têm mais agilidade devido à frequência diária de publicação e não mensal, como a grande maioria das revistas especializadas, podem trazer informações de grande relevância que acabam se perdendo com o tempo, afinal de contas, quem guarda jornais? Foi o caso desta matéria publicada no jornal O Globo no final de novembro de 1972. O texto, mostra de maneira explícita, todas as características que a VW não informou em seus folders ou propagandas institucionais na época.

Matéria publicada no jornal O Globo
A Variant e o TL standard foram incluídos na tabela de preços da revista Quatro Rodas em janeiro de 1973. O TL fez parte desta tabela até agosto de 1973, porém a Variant permaneceu somente até abril de 1973, desaparecendo da tabela a partir de maio. Apenas quatro meses no mercado! Em função disso, e considerando a cultura da época de ir se equipando aos poucos os modelos mais simples até se parecerem com modelos “de luxo”, bem como a utilização destes modelos mais baratos como táxi — no caso do TL, as versões standard tornaram-se verdadeiras raridades, e como dissemos, muitas vezes desconhecidas até dentro do mundo dos amantes de Volkswagen!

Taxi TL "standard"
Um VW TL “Opção 1” flagrado em plena ação, neste caso como “carro de praça” no Rio de Janeiro em 1975. Pela traseira é possível identificar as lanternas pequenas associadas às saídas de ar na coluna “C”. O para-choque, em vez de “borrachão”, possui uma fita adesiva preta.





Uma das dificuldades que se encontra numa pesquisa destas é obter material fotográfico com exemplos destas raridades que tiveram um período de fabricação curto. Sendo assim fica aí a chamada a todos que toparem com estes carros que nos mandem fotos com o maior número possível de dados, ano do carro, onde a foto foi feita, algum comentário que ajude a levantar a história do carro em questão."


Mais uma vez agradeço ao amigo Alexander Gromow pela oportunidade de poder divulgar seu magnífico trabalho aqui nas páginas do blog. Muito obrigado!

segunda-feira, 11 de julho de 2016

Carro do Leitor - Violino e Fusca


O Fusca realmente é um carro intrigante... Criado em tempos de guerra, baseado na economia, simplicidade e funcionalidade, acabou conquistando o coração de milhões de pessoas em todo mundo. Idiomas, culturas, diversidades do mundo afora, que ele encantou pelos mesmos motivos.


E esta semana fui novamente surpreendido pelo que o Fusca é capaz de fazer, e que, assim como todos que frequentam este blog, contagiou mais um apaixonado pelo vírus da "Fuscamania"... E hoje quem ilustra o Carro do Leitor é o amigo Douglas Mendes, de Encruzilhada do Sul/RS!

Douglas e o valente VW

Com apenas 23 anos de idade é um Violinista profissional, e dono de um talento sem precedentes. Mesmo jovem, já foi premiado diversas vezes, sendo que em Janeiro de 2015, em pesquisa realizada pelo site Musicsson, Douglas foi escolhido um dos 10 Melhores do Mundo, interpretando a composição Hey Mama de David Guetta.

Fusquinha 1979/69

Com tanto talento, Douglas é requisitado à vários eventos e apresentações, fazendo shows pelo Brasil, e até pelo exterior. Para se deslocar de show em show, ele usa fiel Fusquinha 1300, 1979, em caminhos de muita coragem e emoção.

Valente motor 1300

Nem sempre Douglas está sozinho no Fusquinha. Frequentemente é acompanhado pela namorada Deise, que como "cô-piloto", lhe ajuda a enfrentar as distâncias percorridas, mas com muito amor e dedicação. 

Douglas e Deise

Vendo que cada quilômetro rodado fazia parte de uma preciosa história, Douglas decidiu fazer um "diário de bordo", com filmagens dos locais e caminhos que enfrentou à bordo do velho guerreiro. Tais filmagens, foram postadas em seu canal no Youtube. Vale a pena conferir! 

Aventuras pelo Brasil à fora

Douglas ainda nos conta:


"Já realizamos e ainda realizamos milhares de viagens com meu fusca pelo RS e Uruguay mas oque mais me deixa encantado com ele e o fato de que meus últimos contratos para eventos tem vindo de vários outros estados do Brasil, mas as pessoas querem que eu vá tocar,mas somente se eu for com meu Fusca, como se fosse eu desafio.


Comecei minhas primeiras viagens num fusca 1972 o qual nunca nos deixou na mão, mas tive que vende-lo e logo comprei esse que nunca mais desapeguei. Esse fusca oque realizo minhas viagens e se trata de um fusca 1979, motor 1300. Nas fotos vera que esta com os parachoques do Fusca de 1969, mas unicamente pelo fato de que eu nunca consegui comprar um 69, então pensei: 'já que não consigo um 69 , vou transformar esse meu fusca em um. hehehe!!! 


Como viajo todos os fins de semana a trabalho com ele, tenho que fazer manutenção constante e graças aos meu videos no Youtube hoje conto com a parceria da mecânica SulCar da minha cidade, que me dão o apoio que preciso e nunca falharam com meu fusca, são feras em Volkswagen!"



Bom pessoal, está aí a incrível história do nosso talentoso amigo Douglas Mendes! Mais uma vez o Fusca nos mostra que sua paixão independe de raça, cor, cultura ou classe social. A paixão pelo pequeno VW é algo inexplicável, e as aventuras que isso pode nos proporcionar, são igualmente especiais!


Para quem quiser conhecer um pouco mais do lindo trabalho do amigo Douglas Mendes, entre em contato:

Fone: (51) 9636-2102 

E-mail: douglasmendesviolino@gmail.com


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...